• Dr Marden Marinha

Depressão & Gênero

A depressão (transtorno depressivo maior - TDM), é um dos transtornos mais frequentes na psiquiatria. Tem uma prevalência média ao longo da vida em torno de 15% para países de alta renda e 12% naqueles de baixa renda, sendo estimada uma prevalência de 17% para o Brasil.


O gênero é reconhecido como um dos fatores de risco, tal como a idade e nível socioeconômico. O sexo biológico aqui é reconhecido como gênero, pois suporta os papéis de gênero exercidos socialmente que podem impactar na prevalência do TDM.

A depressão chega a atingir 2 vezes mais as mulheres do que os homens. Os motivos para essa diferença ainda não foram totalmente esclarecidos, mas têm-se como hipóteses: as diferenças hormonais, estressores psicossociais diferentes para homens e mulheres e os modelos comportamentais aprendidos.

Estudos indicam que as mulheres podem ser mais atingidas pela ausência de suporte social, baixa satisfação conjugal, baixo afeto dos pais, perda dos pais, neuroticismo (tendência a emoções negativas), traumas e divórcio.

No caso dos homens, as maiores contribuições ocorrem por eventos de vida estressantes recentes: como questões financeiras, trabalhistas e jurídicas, abuso sexual na infância, baixa autoestima, transtorno de conduta, uso de drogas e histórico anterior de depressão.

Portanto, é possível pensar que o maior risco nas mulheres possa representar suas características de personalidade e a forma como se inserem nos relacionamentos pessoais, que se refletem na qualidade e continuidade dos relacionamentos íntimos. Elas têm maior rede social, são mais íntimas e emocionalmente mais envolvidas com membros de sua rede, além de mais sensíveis a adversidades sofridas pelas pessoas próximas. Enquanto os homens possuem maior envolvimento em fatores sociais de demonstração de poder e sucesso, como situações no trabalho e financeiras.

Se você conhece alguém com comportamento depressivo, procure indicar um profissional especializado ou, se desejar, marque uma avaliação médica.

#DrMardenMarinha #psiquiatria #depressão

18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo